quinta-feira, maio 27, 2010

psd à beira da maioria absoluta

Afinal não foi necessário muito tempo para que se visse o descalabro do Partido Socialista. Segundo o último barómetro TSF-Diário Económico, o partido de Passos Coelho encontra-se à beira da maioria absoluta. O que não deixa de ser interessante se tivermos em conta que o líder do PSD é uma espécie de co-autor das recentes medidas de austeridade que apontam, para os próximos meses e anos, para um agravamento das condições de vida daqueles que contam com os famigerados e agora discriminados apoios sociais. Ora, o que esta projecção essencialmente revela é que os portugueses estão já fartos de Sócrates. De facto, só com alguma imaginação é que se podem extrair outras conclusões. Mais uma vez, optamos não por uma alteração denotadora de políticas, mas antes por uma mudança de rostos. O problema é que andamos nisto há já demasiado tempo.

Sem comentários:

coisas

vamos pela estrada e sentimo-nos bem. lá fora, o vento sopra, a neve cai, voam duas aves perdidas. eu sei que tenho de chegar a algum lugar...

neste momento...