sexta-feira, maio 07, 2010

promessas de fátima

Com tanto rigor epistemológico em relação a várias procedimentos sociais e religiosos, parece-me oportuno questionar a igreja católica, e em particular os responsáveis pelo Santuário de Fátima, para quando a proibição (repito: proibição) do rastejamento em nome de um qualquer agradecimento de fé?

Sem comentários:

coisas

vamos pela estrada e sentimo-nos bem. lá fora, o vento sopra, a neve cai, voam duas aves perdidas. eu sei que tenho de chegar a algum lugar...

neste momento...