domingo, maio 23, 2010

escutar as escutas

Salva-se a pátria com comissões parlamentares de inquérito? Não. São elas importantes? Sim. Servem depois para alguma coisa? Não sei.
A comissão parlamentar de inquérito respeitante ao caso PT/TVI (sabia ou não José Sócrates previamente do intuito da PT em adquirir a estação de televisão?...) acabou. Mota Amaral, vetusto deputado e presidente desta comissão, recusou a divulgação das escutas que o premiado Pacheco Pereira teve acesso e que o próprio, ligeiramente, as definiu como sendo "avassaladoras". Ora o que naturalmente se pergunta é por que razão permitiu Mota Amaral a Pacheco Pereira escutar as escutas se sabia que não haveria possibilidade constitucional (justificação que não colhe unanimidade) de as tornar públicas?

Sem comentários:

coisas

vamos pela estrada e sentimo-nos bem. lá fora, o vento sopra, a neve cai, voam duas aves perdidas. eu sei que tenho de chegar a algum lugar...

neste momento...