quinta-feira, abril 14, 2011

perfeita inocuidade

A ainda ministra do trabalho saiu-se hoje com esta excecional tirada: "o desemprego em Portugal tem tido aumento no último ano e não nos podemos assustar. Temos de agir e temos de encontrar soluções para apoiar o regresso das pessoas ao mercado de trabalho e é isso que estamos a fazer".
Eu não sei bem se a senhora já se deu conta que vive num tempo ligeiramente diferente do de há mais ou menos um ano, altura em que este tipo de inocuidades discursivas abraçava um país letárgico, ainda mergulhado numa esperança de acreditar no que o Governo lhe dizia. Mas agora é tudo diferente. Daí que este tipo de comunicações à Sócrates não tem, no tempo presente, razão para existir.

Sem comentários:

coisas

vamos pela estrada e sentimo-nos bem. lá fora, o vento sopra, a neve cai, voam duas aves perdidas. eu sei que tenho de chegar a algum lugar...

neste momento...