quarta-feira, março 02, 2011

o contributo de vicente jorge silva

Ouvi, de relance, Vicente Jorge Silva, nebulosamente compungido, afirmar que a liberdade festejada pela sociedade atual se paga também com precaridade laboral. Pois eu penso que quando se entra num estádio mais ou menos persistente de precaridade laboral, a liberdade vai relacionalmente diminuindo. E aí entramos em vias inconstitucionais.

Sem comentários:

coisas

vamos pela estrada e sentimo-nos bem. lá fora, o vento sopra, a neve cai, voam duas aves perdidas. eu sei que tenho de chegar a algum lugar...

neste momento...