quinta-feira, março 17, 2011

crise política

O argumento reiterado da crise política é, obviamente, falacioso. Na verdade, vivemos há muito em crise política. Não basta simplesmente haver governo para que o fantasma da desgovernação se ausente do discurso político. No momento presente, um novo processo eleitoral clarificaria necessariamente alguma coisa. Não nos salvava de nada, mas era um pequeno passo/sinal que se erguia na nossa sociedade.

Sem comentários:

coisas

vamos pela estrada e sentimo-nos bem. lá fora, o vento sopra, a neve cai, voam duas aves perdidas. eu sei que tenho de chegar a algum lugar...

neste momento...