quarta-feira, dezembro 01, 2010

emprego, desemprego, demagogia

José Sócrates afirmou, desavergonhadamente, que discute somente política e não politiquice. Tudo a propósito das questões levantadas pelos jornalistas sobre uma eventual remodelação governamental (e isso não é politiquice, com toda a certeza, mas entendo por que, na sua cabeça, este assunto não valha um caracol). De seguida, ainda nesse efemeramente curto espaço temporal de glória mediática, o primeiro-ministro saiu-se, desassombrado, com um registo que merece anotação: o que interessa é devolver aos portugueses os seus empregos! Presumo que naquele ténue entendimento declarações deste tipo, as quais atingem direta ou indiretamente centenas de milhares de pessoas, não sejam consideradas de politiquice.
Politiquice é tudo aquilo que se diz e sabe-se que não se cumpre. É o que se encontra mais próximo da demagogia.

Sem comentários:

coisas

vamos pela estrada e sentimo-nos bem. lá fora, o vento sopra, a neve cai, voam duas aves perdidas. eu sei que tenho de chegar a algum lugar...

neste momento...