quarta-feira, fevereiro 11, 2009

bpn

Sou sincero: ainda não consegui ouvir uma explicação clara, inequívoca, transparente, do governo sobre a razão por que não deixou falir o BPN. Ou melhor: que mal viria ao mundo ou a Portugal se o banco falisse? Objectivamente, não ficaria mais barato a todos nós?
Uma outra questão relacionada com a banca: será que vamos continuar a ver, por parte da hipócrita banca portuguesa, contratos publicitários milionários a jogadores e treinadores de futebol? Será que isto não é parte integrante do descalabro? Ou, por outras palavras, a moral, a ética - ou falta delas - não é também isto?

Sem comentários:

coisas

vamos pela estrada e sentimo-nos bem. lá fora, o vento sopra, a neve cai, voam duas aves perdidas. eu sei que tenho de chegar a algum lugar...

neste momento...