quarta-feira, março 20, 2013

moções e decisões

O PS foi desafiado pelo PCP para apresentar uma moção de censura. O partido comunista tem razão. O momento é dramático e decisório. Do mesmo modo, seria bom verificar até que ponto a maioria sustentava o executivo com o seu voto. Poder-se-ia dar o insólito caso em que seriam deputados do PSD e do CDS-PP a votarem no sentido da exoneração de Passos e Gaspar. Por outro lado, Cavaco Silva seria igualmente obrigado a fazer alguma coisa. Ou seja: tudo não passaria do normal funcionamento da democracia. Não é disto que o Pesidente gosta?

adenda: seria bom olharmos para O Chipre. O come e cala luso não faz escola. Ainda bem. É pena que assim seja. Os pequenos países, ao contrário do que pensam as senhoras Merkel's, têm também voz. Não é a economia que comanda a política. Foi esta a grande lição que o Parlamento cipriota concedeu à Europa.

Sem comentários:

coisas

vamos pela estrada e sentimo-nos bem. lá fora, o vento sopra, a neve cai, voam duas aves perdidas. eu sei que tenho de chegar a algum lugar...

neste momento...