segunda-feira, março 18, 2013

a loucura

No mesmo dia em que o sr. Vítor Gaspar, ministro das Finanças, declarava a sua total errância no que às contas públicas diz respeito, Durão Barroso, que jurou um dia cumprir o seu mandato que o povo lhe outorgou, mas que à primeira oportunidade egoísta rumou para Bruxelas, afirmava, lá no Olimpo europeu, que Portugal estava no bom caminho e que a última avaliação da Troika tinha sido um sucesso.
É triste o ponto a que chegamos, estarmos assim entregues a esta gente. Adormecemos, candidamente, com o peso do desastre em cima de nós. Fatalmente, uma coisa chamada sociedade vai-se degradando, olhamos uns para os outros e vemos olhos tristes. Lá em cima, nos lugares de mando, todos vão cumprindo o programa.
Para isso, não era preciso tanta coisa, tanto aparato e tantas troikas.

Sem comentários:

coisas

vamos pela estrada e sentimo-nos bem. lá fora, o vento sopra, a neve cai, voam duas aves perdidas. eu sei que tenho de chegar a algum lugar...

neste momento...