domingo, outubro 28, 2012

ministério da segurança social

O próprio nome elucida-nos. Segurança Social quer dizer mesmo isso: contribuir para melhorar a vida das pessoas que estão temporária e/ou definitivamente mais desfavorecidas (no fundo, será sempre temporariamente, visto que ninguém viverá duas vezes - um aspeto que se tem vindo a esquecer neste cenário de resolução da crise). Aponta-se o dedo acusador para a forte despesa deste ministério. Há, pois, que reduzi-la. Ser desempregado nunca foi um estado de alma apaziguador. Agora, porém, acrescenta-se-lhe um dogma culpabilizador.

Sem comentários:

coisas

vamos pela estrada e sentimo-nos bem. lá fora, o vento sopra, a neve cai, voam duas aves perdidas. eu sei que tenho de chegar a algum lugar...

neste momento...