sexta-feira, outubro 16, 2009

uma intervenção de pedro feijó

Pedro Feijó é um aluno do Liceu Camões (que comemorou hoje 100 anos) e fez hoje uma intervenção notável diante da ex-futura ministra, Lurdes Rodrigues e de Cavaco Silva. Acusou o ministério de ter sido responsável por uma verdadeira asfixia nas escolas públicas, ao, por exemplo, tirar "a representatividade e o poder aos estudantes e outras classes nos órgãos de gestão, dando-o a agentes exteriores à escola". Salientou ainda que o pior de tudo foi a atitude do ministério, ao desprezar "manifestações com milhares de estudantes" e "abaixo-assinados, incluindo um com dez mil assinaturas de estudantes, que pediram a revogação destas leis. Desprezou manifestações com várias dezenas de milhar de professores que lutavam pelos seus direitos, pelas suas escolas."
António Feijó está, pois, de parabéns pela coragem e perspicácia crítica demonstrada diante de Lurdes Rodrigues e de Cavaco Silva. Nunca é demais lembrar que esta ministra foi muito acarinhada, no início das suas pseudo-reformas educativas, pelo Presidente da República, apesar de, passadas as turbulências, se ter posto com um pezinho de fora. Como, aliás, convém a um presidente...

2 comentários:

Sofia Lisboa disse...

A segunda vez que mencionas o Feijó dizes antónio, é pedro. De resto, muito bem, acho bem que se divulgue. Pedro Feijó foi um claro vencedor esta noite.

Anónimo disse...

Na altura ninguém ligou - > http://dunazulx.spaces.live.com/blog/cns!E3F29B1545515506!3626.entry

coisas

vamos pela estrada e sentimo-nos bem. lá fora, o vento sopra, a neve cai, voam duas aves perdidas. eu sei que tenho de chegar a algum lugar...

neste momento...