quarta-feira, outubro 14, 2009

isabel alçada

Ouvi um atrasado discurso de Isabel Alçada sobre a política educativa do governo PS, numa sessão do Partido Socialista ("Avançar Portugal") e fiquei espantado com o registo venal da futura Ministra da Educação. Não se ouviu uma única crítica, um único reparo. Elencou as medidas de Maria de Lurdes, uma a uma, como se tivesse a explicar as várias etapas do revistimento betuminoso de qualquer obra pública. Não lhe ouvi uma referência aos professores. Maus prenúncios.

1 comentário:

JOSÉ LUIZ SARMENTO disse...

Enquanto tiver uma réstia de força, o PS não vai dar a pasta da Educação a qualquer pessoa que saiba o que é uma escola e para que serve.

coisas

vamos pela estrada e sentimo-nos bem. lá fora, o vento sopra, a neve cai, voam duas aves perdidas. eu sei que tenho de chegar a algum lugar...

neste momento...