terça-feira, janeiro 10, 2012

quanto vale a palavra de um ministro

O défice derrapará, este ano, na ordem dos 0,9% acima do acordado (imposto) com a troika no Programa de Ajustamento Económico e Financeiro (PAEF). Não deixa também de ser curioso que esta derrapagem tenha uma ligação direta com o fundo de pensões da banca, as quais foram, de certo modo, nacionalizadas. Gaspar, o zeloso ministro das finanças, já veio a terreiro afirmar que não serão necessárias gravosas medidas adicionais para os portugueses. Alguém acredita ainda nisto? Terá ele próprio, alguma convicção no que diz?

Sem comentários:

coisas

vamos pela estrada e sentimo-nos bem. lá fora, o vento sopra, a neve cai, voam duas aves perdidas. eu sei que tenho de chegar a algum lugar...

neste momento...