domingo, julho 31, 2011

assuntos internos com dinheiros públicos

Gosto de ouvir os Madaíles da nossa praça afirmarem o que o do futebol transmitiu caprichosamente aos jornalistas: o prémio de 720 mil euros que Carlos Queiroz vai receber da Federação Portuguesa de Futebol é uma questão interna, interna e da sua gestão. Tudo isso é claramente verdade. Acontece que a Federação Portuguesa de Futebol é uma instituição pública. Logo, não é coutada do Madaíl. Logo, pode ser assunto interno, mas não é, seguramente, privado. Ou o futebol é, definitivamente, um mundo à parte?

Sem comentários:

coisas

vamos pela estrada e sentimo-nos bem. lá fora, o vento sopra, a neve cai, voam duas aves perdidas. eu sei que tenho de chegar a algum lugar...

neste momento...