segunda-feira, janeiro 17, 2011

mau serviço

Revela-se importante esclarecermos que presidente queremos para o país e não andarmos de cinco em cinco anos a discutir o mesmo. Soares era acusado, por parte dos cavaquistas, de intervir em excesso, isto é, de opinar critica e sistematicamente. Santos Silva vem agora tentar reduzir os poderes do presidente Cavaco, remetendo-o para aquilo que Soares nunca foi nem nunca aceitou ser. Tudo porque quem está no governo é o PS. Se por acaso tivéssemos um governo PSD, o discurso seria necessariamente outro. E são estas coisas que toldam o raciocínio político não só dos agentes mas também dos pacientes.

Sem comentários:

coisas

vamos pela estrada e sentimo-nos bem. lá fora, o vento sopra, a neve cai, voam duas aves perdidas. eu sei que tenho de chegar a algum lugar...

neste momento...