domingo, abril 19, 2009

Portugal modernaço


Esta é uma imagem do Portugal modernaço. Ao lado de um painel luminoso, no centro de uma cidade algarvia, coabita, desavergonhadamente, uma casa a cair de podridão. Quando se aposta de forma insistente e orgulhosa nas melhores formas de sair da crise, e quando estas recaiem, essencialmente, em investimento público (imediato), dever-se-ia olhar para este tipo de intervenções.

É, com efeito, um dos males de Portugal e destes governantes a ausência perversa de uma ecologia urbana. O que se tem vindo a passar, a este nível, é verdadeiramente criminoso. Em nome do modernaço, cidades perderam identidade. O que era, deixou de ser. É um inventário que ainda está por fazer. Todavia, como em muitas coisas - como esta casa, por exemplo - chegar-se-á tarde de mais.

Sem comentários:

coisas

vamos pela estrada e sentimo-nos bem. lá fora, o vento sopra, a neve cai, voam duas aves perdidas. eu sei que tenho de chegar a algum lugar...

neste momento...