quinta-feira, setembro 12, 2013

relvas homenageado

As coisas que ficamos a saber quando abrimos o computador! O Sr. Miguel Relvas tem emprego: é um (ou o?) Alto-Comissário da Casa Olímpica da Língua Portuguesa. Não sei nada sobre esta casa Olímpica, mas presumo que seja coisa fértil. Mas além de ter emprego na dita, foi alvo de uma homenagem. A liberdade é isto mesmo: podemos condecorar quem bem entendermos. No caso em apreço, deveu-se ao impetuoso trabalho do sr. Relvas no incremento das relações bilaterais ao longo deste ano (!) entre Portugal e Brasil.
Parece que o sr. Relvas foi vaiado quando entrava, com o seu resplandecente sorriso, no Museu Histórico Nacional, no centro do Rio de Janeiro, lugar da cerimónia. Consta que não se descompôs. É este, afinal, o traquejo dos verdadeiros estadistas.

Sem comentários:

coisas

vamos pela estrada e sentimo-nos bem. lá fora, o vento sopra, a neve cai, voam duas aves perdidas. eu sei que tenho de chegar a algum lugar...

neste momento...