quarta-feira, março 14, 2012

o extraordinário alargamento para 18 clubes

Por vezes, espanta-me certas iluminadas decisões de não menos reluzentes sábios da nossa praça. O futebol, então, anda cheio delas. A poucos meses do término do campeonato da primeira divisão, projeta-se o seguinte, como forma de alargar para 18 o número de clubes para o próximo ano: ninguém descerá de divisão. Posto isto, ninguém quer saber da verdade desportivo, a qual estaria assegurada com o empenho, nestes derradeiros jogos, das equipas que até à data se mantinham na luta para não descer de divisão. Ninguém se lembrou, por exemplo, que o factor desportivo estaria assegurado se os dois últimos classificados da primeira liga disputassem uma liguilha com os quatro primeiros da divisão de honra, a fim de aferir as melhores quatro equipas, precisamente as que teriam acesso direto ao principal campeonato, no próximo ano.

Sem comentários:

coisas

vamos pela estrada e sentimo-nos bem. lá fora, o vento sopra, a neve cai, voam duas aves perdidas. eu sei que tenho de chegar a algum lugar...

neste momento...