domingo, novembro 24, 2013

o irrevogável sr. portas

A política é, infelizmente, também uma escola de descaramento. Ouvir o sr. Paulo Portas criticar as palavras de Mário Soares, no tom irrevogável que o carateriza, é, de facto, coisa estranha. O desavergonhamento, para o vice-primeiro-ministro, situa-se para além do infinito.

Sem comentários:

coisas

vamos pela estrada e sentimo-nos bem. lá fora, o vento sopra, a neve cai, voam duas aves perdidas. eu sei que tenho de chegar a algum lugar...

neste momento...