quarta-feira, novembro 20, 2013

ganhamos, vamos ao mundial!

Ponto final? Não, claro que não. E era precisamente nestes aspetos que deveríamos copiar o comedimento de outros povos. É óbvio que fiquei contente com o apuramento de Portugal para o Mundial no Brasil. Mas o que aí vem, de ora em diante, com Ronaldo a melhor do mundo, as razões e os recados deste e daquele, o brilhantismo dos comentadores, as televisões vergadas ao populismo mais ignóbil, etc., etc., etc. leva-me a concluir que tudo isto era, alegremente, desnecessário. Mais um sedativo para o povão.

Sem comentários:

coisas

vamos pela estrada e sentimo-nos bem. lá fora, o vento sopra, a neve cai, voam duas aves perdidas. eu sei que tenho de chegar a algum lugar...

neste momento...