sexta-feira, fevereiro 14, 2014

os bancos e os clubes de futebol

Parece-me que os nossos bancos estão cada vez mais parecidos com os clubes de futebol: de ano para ano, vão acumulando milhões de euros de prejuízo. No entanto, o discurso mantém-se galhardamente otimista: as expetativas foram, mesmo em conjuntura macroeconómica negativa, superadas, tudo se encontra de acordo com as previsões, entre outros "diktats" absolutamente sui generis.
O que é certo é que os clubes de futebol têm sobrevivido e até a um bom nível. Quanto aos bancos, há de haver outras explicações e futuras imposições.

Sem comentários:

coisas

vamos pela estrada e sentimo-nos bem. lá fora, o vento sopra, a neve cai, voam duas aves perdidas. eu sei que tenho de chegar a algum lugar...

neste momento...